Confira as dicas para fazer um streaming de qualidade

Nimo TV coloca em pauta as sugestões dos profissionais que já deram certo para ajudar quem está começando a fazer uma transmissão ao vivo

Quando alguém pergunta para um streamer o segredo do sucesso, as primeiras coisas que eles respondem são: dedicação, criatividade, persistência e muitas vezes, até um pouco de ousadia. A Nimo TV, plataforma de streaming com foco na transmissão de jogos eletrônicos, conteúdos criativos e esports, foi além e perguntou para steamers como começar a transmitir online com qualidade e engajamento, mesmo que usando um simples smartphone.

De acordo com o perfil de jogo, se for mobile ou PC, o gamer tem uma demanda tecnológica e de interatividade com o público diferenciada. Como em qualquer profissão, a grande maioria dos streamers vão ganhando espaço, melhorando suas performances e, consequentemente, aprimoram o ambiente e os equipamentos para entregar cada vez mais qualidade e conteúdos diferenciados para os fãs.

E é com esses equipamentos simples que muitos começam as suas carreiras e passam a investir em melhorias, como câmera HD, ampliam a capacidade do PC, colocam mais de um monitor para poder jogar e ainda acompanhar o chat, entre muitas outras coisas, conforme vão conquistando o público.

Cerol, que hoje é um dos principais nomes do Free Fire do Brasil, não tinha muitos recursos quando começou e contou com a ajuda de uma fã, que o presenteou um kit de periféricos gamer para que ele pudesse ter mais recursos para fazer as suas transmissões. “Meu equipamento era muito ruim e mesmo assim eu já estava começando a ganhar público. Para minha surpresa, ganhei de uma fã: monitor, mouse, teclado e câmera, isso ajudou a dar um impulso na minha carreira, sou muito grato a ela”, conta.

 Keilemeg, um dos destaques da Nimo TV no streaming de games, conta que antes de fazer sua primeira transmissão montou uma infraestrutura básica e assim que fechou contrato com a plataforma, usou todo seu primeiro salário para fazer um upgrade geral em seus equipamentos. Para ela, isso foi um investimento em seu trabalho. “Dá para começar com pouca coisa, mas aconselho: sempre que puderem, façam melhorias. Isso mostra um cuidado em levar para o público uma melhor qualidade durante as transmissões, pois a imagem que você passa na tela ajuda muito a conquistar o público”.

Também está na lista de streamers que começaram suas carreiras com poucos recursos e foram fazendo as melhorias de acordo com o crescimento do público e dos ganhos, Dani Liu, é uma das grandes promessas da plataforma. A jovem ressalta “é importante oferecer a melhor qualidade para as pessoas que estão assistindo, assim elas terão uma experiência ainda mais completa com a live e vão querer voltar sempre para ver você.”

E como é no chat que acontece boa parte da interação entre streamer e público, investir em tecnologia facilita também nesse processo. Ter mais de um monitor ajuda, porque enquanto joga, consegue ficar de olho no que estão falando no chat. “As duas telas ajudam muito na interação com o público e dar atenção a eles é essencial”, completa Dani Liu

A maneira de se apresentar também é algo importante segundo os streamers. Ter uma comunicação aberta, sincera e constante com o público chega a ser mais relevante do que a qualidade do jogo que está apresentado. “O chat é a coisa mais importante que você tem. São as pessoas que estão colocando você ali. Valorize cada um deles, dê atenção. O que marca o público é a relação entre o streamer e o chat e não o streamer e o jogo. Não dá simplesmente ter um player sentado gravando. Você é um streamer e tem que interagir”, ressalta Keilemeg.

Quando assunto é interação com o chat, Cerol sabe bem como funciona. Em suas lives diárias, passa até 12 horas conversando com o pessoal enquanto joga, trazendo o seu público para perto. “Tenho muitas histórias interessantes de coisas que aconteceram durantes as lives, mas acho que nada vale mais do que a minha ‘chuva de coraciones’ quando eu inicio ou encerro uma transmissão”, conta o gamer sobre o hábito de seus fãs encherem o chat com corações.

Além da tecnologia, a entrega e dedicação dos streamers fazem toda a diferença na busca pelo sucesso. Para Rodrigo Russano Dias, gerente de Marca e PR da Nimo TV, o potencial de sucesso de um streamer está atrelada a qualidade do conteúdo que ele cria e apresenta para seu público. “A tecnologia ajuda muito nesse processo, mas nada supera o conteúdo humano, que está lá, mostrando o seu rosto e contando sua própria história”, complementa. “E esse é o grande objetivo da plataforma, dar meios simples, para que todos possam ter acesso para começar a streamer”, complementa.

E foi por isso que a Nimo TV, junto com CerolDani Liu, e Keilemeg, separou algumas dicas para quem quer começar a streamar, com direito a tutorial de como configurar a plataforma para uma transmissão.

  • Baixe e instale o aplicativo OBS Studio (Open Broadcaster Soÿtware)
  • Na aba “Fontes”, clique no + para iniciar as configurações
  • Selecione captura de jogo ou captura de janela, dependendo do formato que pretende transmitir
  • Para ajustar a tela, arraste as bordas vermelhas
  • Configure a câmera e o microfone
  • Acesse nimo.tv e faça seu login
  • Clique em sou um streamer e URL do servidor para transmissão
  • Coloque a sua Stream Key
  • Comece a jogar
  • Use a criatividade para criar seus conteúdos
  • Conversar com o público é muito importante, pois engaja a comunidade e permite que seja criada a sua própria legião de fãs.
  • Crie uma rotina com um horário fixo para suas transmissões, isso faz com que o público saiba quando te encontrar ao vivo.
  • Sempre que possível traga novidades para seu público e inove nos contéudos.
  • Cuidado para não utilizar vídeos, imagens, músicas e outros conteúdos sem autorização.
  • Também tenha cuidado para não falar ou mostrar nada que não queira que seja divulgado.
  • Respeite seu público.
  • Não se preocupe com os equipamentos que você tem, dá para investir aos poucos, conforme for crescendo o seu público e os seus ganhos
  • Divulgue suas transmissões e os conteúdos que produz nas redes sociais, elas ajudam a impulsionar o engajamento.
  • Persista e não desista. Mesmo com um público pequeno, as pessoas estão lá para ver você, dê o seu melhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X
CONFERIR